MODA

Moda | Styling: Tendências de Outono #2 – Layers

Esta semana regresso às tendências de outono – que nem acredito que está quase a terminar! – com uma das formas de combinar peças a que mais recorro nos meses de frio: colocar várias camadas de roupa umas sobre as outras, compondo as conhecidas layers. Gosto de começar por uma base num tecido mais leve, como uma camisola de malha fina, uma camisa ou até mesmo um top nos dias em que estou mais resguardada, a que sobreponho um casaco mais quente, como um blazer ou um cardigan. Para finalizar o conjunto, costumo usar um dos meus sobretudos de lã – os meus casacos preferidos para esta altura do ano -, que resultam no efeito de layers de que tanto gosto. Se me conhecem, ou se acompanham o meu instagram, provavelmente sabem que adoro colocar os casacos pelos ombros – e faço-o ainda mais quando estou a usar várias camadas de roupa para me manter quente. Esta tendência de combinar as roupas em layers resulta muito bem em dias de frio passados em interiores, como numa manhã de trabalho no escritório ou numa tarde de estudo na biblioteca, em que precisamos de permanecer agasalhadas(os) no decorrer do dia e de reforçar esse agasalho assim que saímos à rua – o toque do casaco pelos ombros resulta lindamente nestes casos, no caminho para o carro ou deste para casa. Para não me sentir demasiado “apertada”, especialmente na zona dos braços, escolho peças que não ocupem demasiado volume debaixo umas das outras, pelo que cardigans de lã ou de malha grossa não são a melhor opção nestes conjuntos.

Read more “Moda | Styling: Tendências de Outono #2 – Layers”
PESSOAL

Christmas Gift Guide – Menos de 15€

Chegou a melhor época do ano. Confesso que adquiri a grande maioria das minhas compras de Natal no verão, numa espontânea visita à The Body Shop, que estava, na altura, com descontos sobre descontos. Aprendi com uma das minhas avós que não há data para começar a comprar os presentes para oferecer nesta época do ano, especialmente se quisermos escapar às confusões típicas das vésperas. Curiosamente, foi esta mesma avó que me introduziu à The Body Shop, há muitos anos, quando chegou ao Cascaishopping. Gosto imenso dos produtos da marca, tanto para mim como para as mulheres que me rodeiam. Consegui comprar praticamente todos os presentes para o lado feminino da família por lá, desde grandes coffrets a pequenas bolsas de produtos, por menos de metade do preço. Fiquei mesmo contente por resolver a maior parte dos presentes – e, para ser sincera, os mais difíceis – nesse dia, com tanta antecedência. Ainda assim, gosto de deixar algumas compras para dezembro, especialmente para as pessoas mais importantes, como as peças de ourivesaria para a minha mãe e para as minhas avós ou a caixa redonda de bolachas de manteiga para o meu avô ou ainda o globo de neve para o Bryan que o relembra da Suíça – presentes estes que se tornaram num costume nos últimos anos.

Read more “Christmas Gift Guide – Menos de 15€”
PESSOAL

Diaries #2 – Home Diaries

Estes últimos dias têm sido passados por casa, como recomendado. Estar mais tempo resguardada significa dedicar-me novamente com mais ânimo ao meu espaço, desta vez com as decorações para a época mais mágica do ano, aos meus estudos, aos diversos livros que ainda estão por ler e aos vários filmes que ainda estão por ver – quem mais desse lado mal pode esperar pelas comédias românticas de Natal? Love Actually? The Holiday? Can’t wait! Estes dias têm sido pautados por uma sensação visual meio aesthetic, de que estou a gostar bastante, que é nova para mim, como se os meus olhos começassem a observar o que me rodeia numa outra perspetiva mais “artística”. Para partilhar esta mais recente vibe convosco, pensei em escrever-vos um pouco sobre como têm sido estes dias por casa, com o auxílio de algumas imagens que captaram a minha atenção nos últimos tempos.

Read more “Diaries #2 – Home Diaries”
VIAGENS

Viagens | Memórias de Nova Iorque

one year later, still playing Billy Joel’s New York State Of Mind in the background

Nova Iorque. Lembrem-se do vosso primeiro sonho – daquele primeiro momento em que se apercebem de que existe algo transcendente, que se revela superior a qualquer outra vontade. Nova Iorque. Lembrem-se do vosso primeiro propósito – daquele primeiro cenário pelo qual desistiriam de todos os outros, pelo qual nutrem um sentimento que não conseguem equiparar a nenhuma outra possibilidade, por muito boa que pareça. Há um ano, estava a caminho da minha cidade. Nova Iorque conquistou-me no primeiro segundo. Na verdade, conquistou-me há muitos anos, pelo pequeno ecrã da minha televisão, nos filmes que mostravam as ruas da cidade onde parece não haver impossíveis. Continuo sem encontrar palavras para descrever a sensação de andar pelas ruas de Nova Iorque. Sinto que pertenço. Sinto que posso ser quem quiser. Sinto que consigo conquistar as mais difíceis conquistas. Sinto que todos os meus sonhos estão ali, à minha espera. Sinto que estou de regresso ao meu caminho, a quem sou, a quem quero ser.

Read more “Viagens | Memórias de Nova Iorque”