MODA

Moda | Styling: Tendências de Outono #3 – Bootcut

Para mim, o inverno começa assim que encontro as primeiras decorações natalícias pelas ruas. O outono, querido outono, desvanece nesse momento. No entanto, de acordo com o calendário, ainda estamos na melhor estação do ano para a moda (e para tantas outras coisas), pelo que decidi reunir algumas imagens de uma última tendência deste outono, antes que as de inverno se tornem protagonistas. Uma das características de que mais gosto deste mundo das roupas passa pela forma cíclica como a moda se repete, se reinventa. Lembro-me de usar bootcut jeans – ou calças à boca de sino, como se costuma dizer por cá – em pequena, com a ganga a arrastar no chão. Entretanto passaram uns bons anos até regressarem às ruas, mas, como a grande maioria das tendências, regressaram.

Read more “Moda | Styling: Tendências de Outono #3 – Bootcut”
PESSOAL

Diaries #3 – Friday Diaries

No domingo passado, comemorei seis anos de namoro com o Bryan. Para ser sincera, não me lembro de alguma vez nestes últimos seis anos termos, de facto, celebrado este dia. Recordo-me de que o ano passado nos esquecemos da data – e penso que até tenha sido o Bryan a lembrar-se, uns dias depois, de que o dia tinha entretanto passado. No entanto, este ano serviu para me relembrar de que estas pequenas coisas, estas simples conquistas que podem passar despercebidas no dia-a-dia, ganham importância face a tantas outras – e são as que mais gosto de recordar. Guardo boas memórias de simples conversas, de habituais passeios, de refeições em família, numa normalidade a que dou cada vez mais valor. Como não nos podíamos deslocar a Mafra durante o fim-de-semana, decidimos então reservar a sexta-feira para um passeio a um dos meus lugares preferidos nos arredores de Lisboa. Não sei quantas vezes andei pelas salas do Palácio, almocei nos restaurantes das redondezas ou dali conduzi rumo à Ericeira para ver o mar, mas sei que gosto sempre de regressar.

Read more “Diaries #3 – Friday Diaries”
BOOKS WITH FRIENDS

Livros | Cem Anos de Solidão, Gabriel García Márquez

Regresso a Gabriel García Márquez e, novamente, em muito boa companhia. Em conversa com a minha amiga Jéssica Rocha, percebemos que dois dos livros mais conhecidos de García Márquez – O Amor nos Tempos de Cólera e Cem Anos de Solidão – provocaram emoções diferentes em cada uma, por isso sugeri que escrevêssemos sobre as duas obras deste autor de que tanto gostamos em comum. Depois d’O Amor nos Tempos de Cólera, chegamos então a Cem Anos de Solidão. Neste segundo post seremos mais breves, principalmente porque os nossos elogios à maravilhosa escrita de García Márquez ficaram bem registados quando escrevemos sobre a sua obra pela primeira vez.

Read more “Livros | Cem Anos de Solidão, Gabriel García Márquez”
PESSOAL

Christmas Gift Guide – Menos de 45€

Chegamos ao terceiro – e último – Christmas Gift Guide de 2020. Depois das duas primeiras edições – a primeira por menos de 15€ e a segunda por menos de 25€ -, decidi reunir um terceiro conjunto de ideias, tanto de marcas portuguesas como de internacionais, para vos inspirar nas vossas últimas (ou primeiras?) compras natalícias. Se gostam de guardar os presentes mais importantes – e, geralmente, os mais dispendiosos – para o fim, deixo-vos algumas ideias por menos de 45€ que podem ser um auxílio caso, nesta fase, ainda não saibam o que presentear na noite mais mágica do ano. Já vos contei que gosto de esperar pelo mês de dezembro para comprar os presentes para as pessoas que me são mais próximas, para não perder aquela magia das compras natalícias – as decorações nas montras, as músicas nas ruas, os embrulhos característicos e, apesar de não adorar grandes confusões, o próprio movimento das pessoas. Embora costume comprar a grande maioria dos restantes presentes com alguma antecedência – e, este ano, consegui surpreender-me a mim mesma quando, ainda no verão, entrei na The Body Shop para ver umas promoções e saí com muitos presentes comprados -, confesso que gosto mesmo de deixar estes miminhos mais especiais para os dias em que o espírito natalício se sente com mais expressividade. Já aqui partilhei também que, a partir deste ano, pretendo começar a comprar estes últimos presentes em pequenos negócios, como ourivesarias, livrarias, papelarias, floristas. Na manhã de sábado, passei pela primeira ourivesaria de que me lembro de conhecer, em pequena, para comprar as peças para a minha mãe e para as minhas avós. Resta-me, assim, comprar pouquinhos presentes!

Read more “Christmas Gift Guide – Menos de 45€”
PESSOAL

Para Dezembro ’20

E assim, num piscar de olhos, chegamos ao mês mais mágico do ano. Como vos disse na minha retrospetiva sobre novembro, tenho a sensação de que os três últimos meses do ano passam a correr comparativamente aos três primeiros – especialmente aqueles January blues, que estão quase a chegar. Parece que os meses de outono avançam a um ritmo mais acelerado – e, para ser sincera, confesso que esta rapidez nos dias, nos tempos, assusta-me um pouco. No entanto, apesar dessa sensação de o relógio parecer andar mais depressa, sinto que estive muito mais presente neste outono, em comparação com os dos últimos dois anos, provavelmente por poder passar mais tempo em casa. Já vos contei um pouco sobre slow living – apesar da velocidade dos últimos meses, consegui desacelerar os meus dias de forma a sentir-me conscientemente mais presente. Embora fique triste pelo fim desta estação, a transição de outono para inverno, neste mês de dezembro que agora começa, acaba sempre por me compensar essa tristeza e por me conquistar à sua maneira, por dar início aos dias mais mágicos do ano – as decorações natalícias pela casa, as luzes acesas pela cidade, o espírito que se sente no ar.

Read more “Para Dezembro ’20”
PESSOAL

Sobre Novembro ’20

Novembro, Novembro… Pensava que tínhamos combinado que demorarias a passar. Decidiste seguir os passos rápidos de outubro, que também se evaporou num piscar de olhos, num dos outonos mais breves de que me recordo. Não sei que contas fazem entre os doze, mas os três últimos meses do ano parecem-me sempre mais acelerados do que os três primeiros – o que não me deixa muito contente, uma vez que são dos meus preferidos. Vamos lá rever essas contas, sim?

Read more “Sobre Novembro ’20”