PESSOAL

Aos meus 27

Escrevo-vos, como manda a tradição, para dizer umas quantas coisas sobre celebrar 27 anos. Escrevi aos meus 21, três anos depois escrevi aos meus 24, e agora, outros três anos mais tarde, cá estou para escrever aos meus 27. Fazer um balanço de aniversário a cada três primaveras já pode contar como tradição, certo? Confesso que, antes de começar a escrever, fui espreitar as publicações destes últimos dois aniversários. Fico genuinamente contente por ter estes pedaços da minha escrita disponíveis à distância de um clique – e se, em momentos de dúvida, não decidi fechar a porta deste cantinho online, terá sido por isso mesmo, para sempre poder recordar estas versões de mim.

Read more “Aos meus 27”
BOOKS WITH FRIENDS

Livros | Cem Anos de Solidão, Gabriel García Márquez

Regresso a Gabriel García Márquez e, novamente, em muito boa companhia. Em conversa com a minha amiga Jéssica Rocha, percebemos que dois dos livros mais conhecidos de García Márquez – O Amor nos Tempos de Cólera e Cem Anos de Solidão – provocaram emoções diferentes em cada uma, por isso sugeri que escrevêssemos sobre as duas obras deste autor de que tanto gostamos em comum. Depois d’O Amor nos Tempos de Cólera, chegamos então a Cem Anos de Solidão. Neste segundo post seremos mais breves, principalmente porque os nossos elogios à maravilhosa escrita de García Márquez ficaram bem registados quando escrevemos sobre a sua obra pela primeira vez.

Read more “Livros | Cem Anos de Solidão, Gabriel García Márquez”
BOOKS WITH FRIENDS

Livros | O Amor nos Tempos de Cólera, Gabriel…

Já ando para escrever sobre Gabriel García Márquez há algum tempo. Existem poucos autores com uma forma de escrever com que me identifique tanto. García Márquez encaixa as palavras umas nas outras numa harmonia que delicadamente me embala, enquanto descreve a narrativa com uma naturalidade que me transporta. Ofereceram-me O Amor nos Tempos de Cólera há uns anos – a minha mãe disse-me, assim que desembrulhei o presente, que eu adoraria a escrita de García Márquez, mas assumo que não fazia ideia do que vinha aí. O Amor nos Tempos de Cólera surpreendeu-me tanto que se tornou num dos meus livros preferidos – e introduziu-me a um dos autores de que mais gosto, pelo que guardará para sempre um lugar especial no meu coração.

Read more “Livros | O Amor nos Tempos de Cólera, Gabriel García Márquez”
PESSOAL

Sobre Desabafar

Esta semana que passou revelou-se um bocadinho complicada para mim. Não que tenha acontecido algo de menos bom em particular – felizmente, está tudo bem -, mas não consegui nem acordar às horas de que gosto, nem adormecer com facilidade, nem comer muito bem, nem fazer muito exercício. Como vos disse no post sobre as minhas expectativas para outubro, sinto-me muito melhor quando consigo, de facto, cumprir com esta base – sono, alimentação, exercício – e quando não a mantenho por mais do que dois ou três dias parece que a minha energia se evapora. Se acrescentar algumas hormonas a estes dias mais propícios ao desânimo, deparo-me com o cenário ideal para uma semana mesmo chata. Há dias assim… Há que aceitar. No entanto, nem tudo se perde. Estes dias mais preguiçosos acabam por me dar tempo e disponibilidade para pensar sobre vários temas, especialmente aqueles que mais me preocupam e inquietam na fase em que me encontro. Ultimamente, sempre que tenho alguns dias assim, penso muito no blog. Desta vez, sinto que preciso de escrever umas quantas coisas, por isso, venho desabafar um bocadinho sobre estas últimas semanas. Têm um tempinho?

Read more “Sobre Desabafar”